Cercas altas não fazem bons vizinhos Resumo

, par  FTDES, RHOMDANI Massoud

A fim de combater a migração irregular, a chamada "Fortaleza Europa" tem recorrido a controlos fronteiriços mais rigorosos e aumentado a militarização do mar Mediterrâneo. Tais medidas não resultam na diminuição do número de migrantes que chegam à Europa, mas sim em impostos mais elevados, em uma maior dependência de traficantes inescrupulosos e taxas de mortalidade mais elevadas.
Neste artigo de opinião, Messaoud Romdhani discute resumidamente como a Parceria para a Mobilidade União Europeia-Tunísia e a Agenda Europeia da Migração não deteve a migração irregular do norte da África para a Europa, nem reduziu o número de mortos no mar.
Romdhani comenta que ao culpar os traficantes pela migração irregular e os consequentes afogamentos os fatores de pressão que levam as pessoas a tomar a decisão mais importante de suas vidas são ignorados. Além disso, desvia-se a atenção da responsabilidade dos governos europeus para os milhares de mortes no Mediterrâneo todos os anos.

Navigation

Siga Intercoll.net

Redes sociais - RSS