A caminho de Damas Inquérito sobre a autoridade das mulheres pregadoras nas mesquitas na Síria

, par  KALMBACH Hilary

Neste artigo da revista Travail, Genre et Sociétés (Trabalho, Généro e Sociedades), a investigadora Hilary Kalmbach interessa-se à autoridade religiosa feminina nas mesquitas sírias, o que decorre de um aumento considerável de « mulheres pregadoras » desde os anos 1970. Através deste estudo da aceitação de um liderança feminino religioso, público ou semi-público, a autora apreende certas evoluções sociais e religiosas das comunidades musulmanas. Hilary Kalmbach concentra deste modo a sua análise sobre dois temas. Primeiro, ela identifica a existência de figuras femininas de autoridade desde os inícios do Islão e as apropriações contemporâneas que decorrem dela. Num segundo tempo, ela avalia o impacto deste procedimento, nomeadamente nos meios relativamente conservadores. Tendo por base o conceito de autoridade e os processos de legitimação da liderança religiosa das mulheres, o artigo sublinha tanto as limitações das actividades femininas quanto o que excede essas limitações. Como tal, muitas mulheres envolvidas nos movimentos do renascimento islâmico defendem a educação e o compromisso público das mulheres. Esta autoridade religiosa feminina, apesar das restrições que a envolve, podia abrir o caminho para uma mudança súbtil dos estatutos das mulheres nas suas comunidades respectivas, que conseguiriam impedir a disseminaçao de interpretações do Islão favoráveis à desigualdade entre géneros.

Sur le chemin de Damas

Navigation

Journal des Alternatives, une plateforme altermondialiste

Siga Intercoll.net

Redes sociais - RSS