Apresentação Intercoll

Intercoll é um espaço aberto de desenvolvimento e troca de ideias entre movimentos sociais e cidadãos. Visa contribuir para o surgimento gradual de um novo "intelectual coletivo internacional", através do desenvolvimento intelectual dos movimentos sociais e das redes de pesquisa e educação popular a elas ligadas. Intercoll tem a ambição de criar um espaço internacional e multicultural. O site irá operar em seis idiomas: inglês, árabe, espanhol, francês, português e mandarim. Cada artigo será precedido de um resumo de dez linhas em diferentes idiomas, permitindo a todos a utilização de ferramentas de tradução automática. Sete medidas serão implementadas:

  • Grupos de trabalho sobre temas propostos e selecionados.
  • Sites parceiros de varias regiões e sobre varios temas.
  • Um "mural" de questões que se fazem ou que deveriam ser feitas pelos movimentos sociais.
  • Mobilizações e ações cidadãs propostas por nossos parceiros.
  • Uma pesquisa permanente sobre a estratégia dos movimentos sociais.
  • Textos lidos em outros lugares e selecionados com base em seu interesse.
  • Eventos, seminários, conferências

Para entrar em contato conosco

Últimas publicações

Lido em outro lugar

  • O que significa para o meio ambiente o projeto "China’s One Belt, One Road"?

    , por Globalization Monitor

    O projeto chinês One Belt, One Road (OBOR) procura desenvolver redes de cooperação, comércio e infra-estruturas entre a Ásia, África e Europa através da criação de um Cinturão Económico da Rota da Seda e de uma Rota Marítima da Seda.

    Embora muitos governos e empresas tenham aparentemente saudado a política pelas suas oportunidades, uma das áreas onde as preocupações significativas precisam ser levantadas diz respeito ao impacto ambiental de tal projeto.

  • Diante da crise na Venezuela: o que fazer?

    , por Plateforme altermondialiste

    A Venezuela atravessa uma grave crise social, económica e política. A morte de Hugo Chávez, que tinha "reconstruído" o país em 1999, coincidiu com um declínio catastrófico dos preços do petróleo, que representavam 90% das exportações e das receitas do país. Entretanto, o governo de seu sucessor Nicolás Maduro agravou significativamente os impactos desta crise. Com a ameaça de intervenção dos Estados Unidos, que gostariam de destruir este país em nome dos "direitos humanos" e da "democracia", a situação é ainda mais grave. Tal intervenção não só destruiria o governo, mas também esmagaria todo um povo e suas forças progressistas.

  • Imaginação estratégica e partido

    , por Josep Maria Antentas, Viento Sur

    A partir da experiência de Podemos e da retomada do debate estratégico após várias experiências políticas e sociais, Josep Maria Antentas dá algumas pistas estratégicas sobre o papel dos partidos políticos, suas relações com os movimentos sociais, os problemas de tempo e espaço colocados à política, a democracia ou o entrelaçamento da vida, a realidade cotidiana e o ativismo.

Siga Intercoll.net

Redes sociais - RSS